Cama compartilhada

19 de agosto de 2013 20 comentários
Olá Mamães e papais!

Hoje quero falar sobre compartilharmos a cama com os filhotes. Por mais que tenha colocado o meu bebê desde pequenino para dormir no quarto dele e no berço, dias passaram e cá estamos compartilhando a cama.

O filhote ainda mama, talvez seja esse o motivo?

Enfim, acordar de madrugada, de hora em hora, duas em duas, três em três chega um momento que estamos exaustas! E acabamos fazendo assim só por hoje ele dorme aqui... esse hoje se prolonga, porque os pequenos são espertos e logo se acostumam com o bem bom do quarto dos pais.


Existem pontos positivos em compartilhar a cama?
A psicóloga e consultora em amamentação Bianca Balassiano Najm diz que há muitas vantagens na prática, desde assegurar-se de que as necessidades físicas, emocionais e psicológicas do bebê estão sendo atendidas até garantir um pouco mais de sono noturno para a mãe. "Não se pode querer que um bebê que acabou de se desenvolver durante nove meses dentro do útero da mãe, em conexão e simbiose profundas, de um dia para o outro aprenda a confortar-se com tranquilidade em um ambiente distante e frio. Isso gera ansiedade e frustração para essa criança, que passa a encarar a hora do sono como um momento de desconexão e desespero". A Organização Mundial da Saúde recomenda que os bebês até o sexto mês de vida durmam num bercinho ou carrinho colocado ao lado da cama mãe, mas nunca na mesma cama. "Isso ajuda para que ela possa, com mais facilidade, perceber se algo não anda bem com o bebê, se tem reações como soluço ou vômito, e também para facilitar a amamentação – não precisa levantar e se deslocar podendo voltar a dormir mais rapidamente após as mamadas". 

Conosco o compartilhamento da cama se deu após os 6 meses.

Desculpa: o calor do Rio de Janeiro

Pois é, Joseph já estava com 6 meses e trouxemos o pequeno para nosso quarto para dormir no ar condicionado conosco. A princípio colocava no colchão ao lado da cama, mas de madrugada quando refrescava, o bebê apesar de pijama fininho estava gelado, aí vem o coração mole da mãe aqui e pronto dormia o restante da noite conosco na cama.


Com o tempo do colchão passou pra cama, aí vieram os perrengues pra dormir

images

Trouxemos o berço para o quarto... ainda assim lá ía ele de madrugada para meio da cama.
A mais ou menos uns 6 meses que colocamos de volta o berço no quarto, na posição de caminha e arrumamos o quarto, comprei o travesseiro da Galinha Pintadinha... e colocamos de volta lá... só que na madrugada lá vem ele. 

Algumas orientações para praticar a cama compartilhada

dormir


Fonte aqui 


20 comentários:

  • Beatriz Bragança disse...

    Minhas queridas
    Belo texto,falando de um assunto que preocupa todas as mães.
    Muitos parabéns e obrigada pela partilha.
    Continuo a aguardar uma visita ao meu blog - VIDA E PENSAMENTOS
    http://pegadasdeanjo.blogspot.com
    Tenham uma ótima semana
    Beijinhos da
    Beatriz

  • Carol Meoli disse...

    Olá Cris, pois é, em casa também compartilhamos a cama com a Babi... Mas confesso que faz um tempo que quero coloca-la no quarto dela.
    O berço tá lá ainda montado, o berço é enorme e dá pra ela dormir lá até quando tiver um 6 anos. hehe
    Ela dormia no berço quando era bem nenê, mas não sempre!!! então, foi ficando e ficando na cama... e está lá até hoje! Mas por pouco tempo...

    Bjs

  • Paty disse...

    Oi Cris.
    Esse é um assunto que me preocupa muito, meu filho caçula já esta com 3 anos, e vez ou outra ele pula pra minha cama de madrugada, principalmente quando o pai esta trabalhando a noite, e sempre me pergunto se devo permitir.
    Ótimas dicas, beijos!

  • CHRIStIANE RAMOS disse...

    A cama compartilhada esta acabando com a minha coluna. Era só o Thales (1 ano e 10 meses) agora a Nicole também pede para ficar, imagina só a confusão.
    http://poaxadrez.blogspot.com.br/

  • Helena Sordili disse...

    Eu acho uma delicia mas não consigo descansar quando um dos 2 vem dormir com a gente...
    fico preocupada de machuca-los e ainda acabo levando uns chutes em noites de sono agitado.. heheh
    bjs
    Lele
    www.eueleeascriancas.com.br

  • Vitoria Aparecida disse...

    Não sou a favor e nem contra, isso depende de cada um, principalmente se os pais não forem espaçosos aqui não da realmente, só no começo mesmo que dormiu

    tem sorteio no meu blog passa lá

    http://mamaenathan.blogspot.com.br/2013/08/sorteio-cheirinho-de-bebe.html

  • Tatty Nunes disse...

    AQUI EM CASA SEMPRE OPTEI POR NÃO COMPARTILHAR, POIS GASTEI TANTO COM O QUARTINHO E ELE QUER FICAR NO MEU QUARTO, NÃÃÃÃÃOOOO!KKKKKKK
    E TAMBÉM POR NÃO ME SENTIR SEGURA A ISSO E NEM DORMIR A VONTADE, JÁ DURMO POUCO E AINDA O POUCO QUE DURMO GOSTO DE RELAXAR E TENHO MEDO DE MACHUCAR ELE QUE É TÃO PEQUENO.
    Bjos
    Tatty
    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br

  • Thayna Ranage disse...

    amiga a qui é cama compartilhada sim kkk
    no meio da noite a bella vem pra minha cama, depois alycia, aifica os quatros, ou então marido vai pra cama da alycia kkk

  • Dani disse...

    Legal, Cris!
    Aqui não compartilhamos. Sempre tive medo de machucar, e acostumei os dois a dormir cada um no seu quarto. Até 1 mes de vida, dormiam no carrinho do meu lado da cama. Depois de um mês, foram para o berço, e lá estão até hoje.
    Já li sobre as partes boas da cama compartilhada. O único problema dela é depois tirar... a criança acostuma a dormir com os pais e fica bem difícil tirar...
    Ótimas dicas para quem compartilha!
    beijinhos

    www.aprendendoasermaehoje.com

  • Divagações da Mamãe Tê disse...

    Cris, Maria ficou até 3 meses no nosso quarto no carrinho. Como você citou. Consideravámos uma fase inicial mais crítica e tinhamos medo de acontecer algo. Também por sermos pais de primeira viagem e pelo cansaço meu e do meu marido.

    Mas quantas vezes estava a pikitita no meio da gente e dormia mamando e eu tb...E o medo de que esmagássemos Maria..rs .. além de cotoveladas....

    Depois dos 3 foi para seu bercinho e nunca mais voltou. Quer dizer..rs...voltou depois que começou a entender que a mamãe ficava em outro quarto. Voltou por vontade de ficar com a gente e ainda volta vez ou outra quando sonha. Mas essa volta sempre foi uma vez ou outra. Nunca compartilhamos todos os dias a cama com ela. Por todos os motivos que falei e por termos nossa privacidade. O Cris, meu marido, nunca achou bom. Perderíamos mesmo a liberdade como casal.

    Hoje como disse ela vem vez ou outra por medo. Mas é raridade. E acho que por ter ido desde os 3 meses para seu quartinho ela se acostumou com isso.

    Acho uma delícia Cris quando Maria dorme comigo. Sempre gostei. Mãe é assim. Mas com meu marido acho que temos que ter nossa privacidade e mais, acho que ela precisa da privacidade e do quartinho dela também.

    Beijos querida e boa sorte com Joseph...

  • Nanda Gonçalves disse...

    amiga vive 05 em cama compartilhada
    e mas 03 em quarto compartilhado
    esse ano que minha filha mas velha foi pro quartinho dela
    com a caminha dela
    não me arrependo de nada

    linda noite bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

  • Gleysa Lopes disse...

    Por aqui a cama e compartilhada desde os 8 meses, mas e algo q nao tive escolha estava numa transição de mudança de cidade! Agora que ja estamos na nossa casa ainda nao consegui fazer ele ficar na cama dele e confesso que me falta disposição Heitor nao mama mais, porém acordar umas 4 vezes a noite!

    Bjs
    Gleysa
    www.demamaeursa.com

  • Genis Borges disse...

    Aqui, JM ficou no nosso quarto até 3 anos e meio. Ficava no berço dele, mas compartilhamos a cama muuuuuuuuuuitas vezes.
    Agora, ele tem o quartinho dele. Não tivemos problemas em adaptá-lo no novo quarto, graças a Deus.
    Isso tudo é fase e passa muito rápido, vc vai ver!
    Bjus, Genis

  • Alessandra disse...

    meio bb tem 3 meses e compartilhamos o mesmo quarto, ele dormiu no carrinho ate uns 40 dias de vida do meu lado qdo foi pra berco era invernao aí o marido mais q ei tinha dó e colocava no meio pra esquentar é uma delícia mas acho perigoso eu ficava dura não relaxava qdo ele sai pra trabalhar aí eu coloco comigo q fica mais espaço é muito bom

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design