Parasita/Verme em Criança - Perigo

7 de abril de 2013 35 comentários

Meu filho Mateus estava completamente sem apetite. Ele não comia nada. E para piorar a situação, ele estava com prisão de ventre, o que deixava-o ainda mais irritado.

Uma vez por ano, todos os anos, dou um remédio contra verme, Annita, para os meninos. Coincidiu de eu dar no mesmo tempo em que o Mateus estava com esses sintomas. O resultado me deixou em parte tranquila, e em parte preocupada. Ele melhorou muito, está comendo melhor, o cocô está em dia. Ou seja, meu caçulinha estava com verme. O que me preocupa é que isso é uma coisa muito difícil de ser identificada. Pensei que ele não queria comer por desinteresse. Mas não era o caso.

Mamães fiquem bem atentas aos sintomas. É importante dar o remedinho a cada seis meses. A presença de vermes no organismo pode infectar órgãos importantes, inclusive o cérebro, onde provocaria alteração grave no sistema nervoso central.

Existem vários tipos de parasitas que podem ser identificados através do exame de fezes. Porém, nem sempre esse exame é pedido. Por outro lado, o exame pode dar negativo para vermes se houver somente parasitas machos ou a amostra recolhida não tiver ovos. Em alguns casos o médico, pelos sintomas, já sabe o tipo de verme. Mas em outros, o médico apenas diz que é virose e manda a criança para a casa, o que já aconteceu com o Mateus.

A lombriga, que é o mais comum, pode chegar a medir 40 cm e aloja-se no intestino. Ela se alimenta dos nutrientes do organismo podendo provocar retardo no crescimento, irritação, obstrução intestinal e bexiga inchada. A criança pode ter cólica, náuseas, diarreia, prisão de ventre, alterações no apetite, fraqueza, perda de peso e falta de disposição. 

Outra doença conhecida como amarelão, também é causada por um parasita que suga o sangue do intestino da criança. Podem ocorrer complicações cardíacas, pulmonares e comprometer o desenvolvimento infantil. As larvas entram em contato com as crianças, principalmente, pelos pés descalços.

Outro parasita é o oxiurus, mede 1 cm e se aloja no intestino. É visível nas fezes das crianças. Então é importante estar sempre de olho no cocô. Os sintomas são coceira - na região anal e vaginal, já que a fêmea coloca os ovos nessa região - corrimento, enjoos,  tonturas, vômitos, cólicas e sono agitado. Existem ainda a solitária, tricuríase, giárdia, amebíase e esquistossomose.

A prevenção é fácil. Lavar sempre as mãos das crianças, os brinquedos ou qualquer outro objeto que a criança leve à boca, cortar as unhas dos pequenos sempre, lavar bem frutas e legumes, cozinhar bem os alimentos, evitar deixar as crianças andarem descalças, não beber água de lugares de origem duvidosa e cuidar bem da higiene dos animais domésticos que podem ser transmissores de parasitas.

Mas é claro que um ou outro pode passar desapercebido. Por isso a importância de dar o remédio a cada seis meses. O medicamento deve ser dado por três dias seguidos e uma semana depois repetir o processo. Quando terminar tem que dar vitamina para a criança. Aqui os meninos estão tomando Apevitin BC, um estimulante do apetite, suplemento vitamínico para fase de crescimento e suplementação de vitaminas B e C.

É indispensável o acompanhamento médico.



Ana Paula é autora do blog Estilo de Mãe.



* E você que acompanha essa coluna do MR, participe. Envie sua postagem para mamaesemrede@gmail.com e veja o seu relato influenciando as mamães em rede.

35 comentários:

  • Genis Borges disse...

    Olá Ana Paula, as crianças sempre 'pegam' verme, já dizia minha mãe. A prática de colocar as coisas na boca é um perigo.
    Eu estava preocupada com JM ano passado e a pedi tb receitou Anita, mas ele não tava com verme não, ainda bem.
    Mas eu sei que isso é normal e com o apoio médico, tudo volta a ser como antes.
    Bj grande, Genis

    Obg pela participação por aqui!!! ♥

  • Renata Diniz disse...

    Ana Paula! Meus parabéns pela sua participação. Quando o assunto é saúde temos que vigiar bem. Creio que até ser rabugenta com os médicos e questionarmos tudo. Beijo!

  • Divagações da Mamãe Tê disse...

    Ana! Excelente texto! Super informativo e importante!

    Me atentou que minha Maria precisa tomara remédio para verme. Tem tempo que não toma.
    Quantos sintomas e a gente acho que é uma virose, ou outra coisa assim. Impressionante são os médicos acharem isso também e na maioria das vezes não pedirem exames. Parece que tudo se resume em virose.

    É dificil seguir todas as regras pare evitar os vermes. Andar descalço faz parte da infância, porém, onde se pisar que é a questão.
    Aqui em casa adoramos verduras cruas. Então é higienizar adequadamente pra não ter risco.

    Acho que o legal é como você falou. Prevenir mesmo de 6 em 6 meses. Acho que é um grande meio para evitar esses contratempos.

    Obrigada pela participação aqui no MR. Seja sempre bem-vinda!

    Beijos grandes!

    Teresinha Nolasco/Equipe MR

  • ♥ Nanda ♥ disse...

    Ana Paula amei a postagem é por esse motivo
    que eu sempre sismei quando faço o exame da minha filha
    e nunca dava nada então comecei a fazer isso dar em 6 em 6
    meses remédio de verme depois vitamina o Apetivin muito bom
    mais minha pequeno começou a engordar com ele então parei um pouco vou retornar agora com as mesmas sessões
    amei a postagem lindo domingo bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

  • Letteia Bispo disse...

    Linda a resenha sobre vermes
    Não só as crianças mas as mamães e o papai também é bom sempre estar se prevenindo..,
    Bjus

    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

  • Alexsandra Helga disse...

    Não conheço esse remédio, na verdade nenhum para esse caso..O pediatra da minha filha também nunca tocou no assunto, mas, irei conversar com ele...Parabéns pelo post..Uma ótima semana....
    http://meusamoresvariedades.blogspot.com.br

  • Ana Paula Lopes disse...

    Obrigada da Nanda!
    Quando os exames não dão nada fico igual a vc...rsrs pior ainda quando o médico fala que é virose, já fico desconfiada...
    Ouvi dizer que o Apevitin engorda mesmo, dei só o tempo indicado e parei, para os meninos não engordarem demais...
    Beijos!

  • Mamy Br disse...

    amei...gostei tmb mto do poost já estou seguindo o blog e mandarei um textinho bem legal pra vocês . Bjus

    www.mamybrasil.blogspot.com.br

  • Deborah Gebran disse...

    Simplesmente adorei esse post!
    Muito esclarecedor!
    Inclusive me fez lembrar que preciso falar com o pediatra referente ao remédio para verme!
    Muito obrigada pela participação Ana Paula!
    Beijo

  • Anônimo disse...

    alguém já deu remédios de vermes e seus bebes ficaram enjoados por favor se já aconteceu com vcs m digam por favor to quase ficando louca com minha bebe chorando

  • Anônimo disse...

    Ontem minha filha casava muito a vagina e fui olhar estava com umas vermes pequenas o que devo dar ou fazer ela tem 10 anos e é magra

  • Anônimo disse...

    Ontem minha filha casava muito a vagina e fui olhar estava com umas vermes pequenas o que devo dar ou fazer ela tem 10 anos e é magra

  • Gau disse...

    Meu filho tem 2 anos eu dei o mebendazol e agora to dando o apevitin e ele come toda hora ja ate engordou um pouco

  • viviane disse...

    oi meu bebê tem um ano e cinco meses a dra mandou dar mebendazol 5 ml 2 vzs por dia por três dias. hj iniciei o tratamento mais tenho medo de uma reação alguém já deu pro seu filho? e foi tranquilo? eu aproveitei e dei para todos de casa eu tbm tomei mais não sei se podia pois ainda amamento, será que tem algum problema eu ter tomado o mebendazol?

  • andreia.maia disse...

    Minha filha tem 3 anos e esta com muita coseira na vagina e na região anal.Qual e remédio devo dar e quantos ml quantas vezes ao dia e por quanto tempo.
    porfavor me responde o mas rapido possivel estou desesperada.

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design